Ceratocone: sintomas x tratamento

Compartilhe o Post

Saiba mais sobre a enfermidade que atinge cerca de 150 mil brasileiros por ano!

Ceratocone é uma doença não inflamatória que afeta a estrutura da córnea (camada fina e transparente que recobre toda a frente do globo ocular). A principal característica é a redução progressiva na espessura da parte central da córnea, que é empurrada para fora, formando uma saliência com o formato de cone.
No artigo de hoje, confira mais informações sobre o transtorno, seus sintomas e tratamento.

Entendendo o Ceratocone

Ceratocone é uma doença genética rara, de caráter hereditário e evolução lenta, que se manifesta mais entre 10 e 25 anos, mas pode progredir até os 40 anos em média e estabilizar-se com o tempo. A enfermidade atinge cerca de 150 mil pessoas por ano no Brasil e pode atingir os dois olhos de maneira assimétrica, ou seja, o distúrbio pode afetar mais um olho que o outro.

Sintomas

É possível que o Ceratocone não manifeste sintomas. Quando eles aparecem, no entanto, variam de acordo com a fase da doença. O mais característico é a perda progressiva da visão, que se torna borrada e distorcida (tanto para longe quanto para perto) e obriga a aumentar com frequência o grau das lentes dos óculos — até que a solução acaba sendo substituí-los por lentes de contato, que podem ser de diferentes tipos.
Outros sintomas incluem:

  • Visão dupla (diplopia);
  • Formação de múltiplas imagens de um mesmo objeto (poliopia);
  • Sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Comprometimento da visão noturna;
  • Formação de halos ao redor das fontes de luz;
  • O recuo da pálpebra inferior provocado pelo crescimento do cone, quando a pessoa olha para baixo (sinal de Munson);
  • Perda aguda da visão causada pelo escape do humor aquoso que flui para dentro da córnea (hidropsia).

Tratamento

O principal objetivo do tratamento é impedir o avanço da doença e reabilitar a visão. Nas fases iniciais, quando a deformação da córnea não é grave, o uso de óculos é suficiente para recuperar a acuidade visual. No entanto, à medida que o ceratocone evolui, os óculos precisam ser substituídos por lentes de contato, que ajudam a ajustar a superfície anterior da córnea e a corrigir o astigmatismo irregular provocado pela deformidade.


Um avanço importante no tratamento do ceratocone é o crosslinking, uma intervenção que tem por objetivo fortalecer as moléculas de colágeno da córnea. O procedimento é rápido, realizado sob anestesia local, não exige internação hospitalar e dá bons resultados na imensa maioria dos casos.

Cuide da sua saúde ocular. Agende uma consulta com um de nossos especialistas.

Veja outros posts

Urologia

A Clínica Inovare oferece o melhor em Urologia, com uma equipe de profissionais altamente qualificados e experientes, prontos para cuidar da sua saúde urogenital

Reumatologia

A Clínica Inovare oferece o melhor em Reumatologia, com uma equipe de profissionais altamente qualificados e experientes, prontos para cuidar da sua saúde articular